O cristão e as redes sociais

“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais qualquer outra coisa, fazei para a glória de Deus.”
1 Coríntios 10:31

O ambiente virtual, comumente é visto como uma realidade alternativa na qual as leis e normas de conduta de nosso mundo físico não só não existem, como também devem ser postas à prova. Muitas vezes parece que a redes sociais, e a internet como um todo, são o habitat natural de trolls, fakes e assediadores, e que para pertencer devidamente a esse espaço, todos devem se converter nesse tipo de perfil. Entretanto, essa “regra” não vale – pelo menos, não deveria valer – para cristãos. Se somos chamados a não nos curvar diante do mundo em seu sentido físico, o mesmo se aplica ao virtual. Continuar lendo “O cristão e as redes sociais”

YouTubers, filhos e pais

Recentemente, o youtuber e influenciador digital Júlio Cocielo causou um verdadeiro frenesi após um tuíte no qual menciona o atacante Mbappé da França, como sendo promissor em cometer arrastões – claramente um comentário racista. Tentou em seguida se justificar dizendo que a comparação foi por conta da velocidade do atleta. Mas quando se fala em arrastão, a primeira imagem que vem à nossa mente é a de um assalto não há de uma pista de atletismo. Continuar lendo “YouTubers, filhos e pais”