Homem-Aranha e as responsabilidades de um grande poder

Um tema muito comum em roda de fãs de quadrinhos, é a discussão sobre os motivos que tornaram o Homem-Aranha o personagem ícone da Marvel e qual a receita que o  sustenta nesse posto há décadas, coisa que nem mesmo o Capitão América conseguiu. A tese mais aceita? O amigão da vizinhança é gente como a gente, por assim dizer.

Continuar lendo “Homem-Aranha e as responsabilidades de um grande poder”

A Guerra do Ego: A salvação passa por nossas mãos?

 Thanos é o vilão apresentado em Vingadores: Guerra Infinita, e depois de quase 10 anos recebendo críticas a respeito de seus vilões, finalmente temos um vilão tão ou até mais carismático que os heróis. Loki e Ultron foram ameaças grandes e aterradoras; Killmonger em Pantera Negra representou muito mais um viés ideológico/filosófico do que necessariamente, uma ameaça de extinção global como os anteriores e passando bem longe do plano e eficiência de Thanos no novo longa. Nesse texto trataremos justamente do plano de Thanos, sua dedicação em executá-lo e o seu resultado.

AVISO: CONTÉM SPOILERS! Continuar lendo “A Guerra do Ego: A salvação passa por nossas mãos?”

Homem-de-Ferro: A carne dentro do aço

Não posso negar que fiquei particularmente feliz de receber como primeira sugestão de herói para escrita um dos meus personagens favoritos, tanto nos quadrinhos quanto no cinema. Quais lições podemos aprender com Tony Stark e sua armadura? Será que um personagem com tão poucas virtudes aparentes podem nos ensinar alguma coisa sobre nossa trajetória cristã? Continuar lendo “Homem-de-Ferro: A carne dentro do aço”