8 PRINCÍPIOS BÍBLICOS CONTRA O RACISMO

Há forte evidência de que salientar as diferenças pouco trabalha para melhorar as relações raciais, e pode ainda exacerbar as mesmas diferenças.

Por exemplo, os distritos escolares de Minneapolis e St. Paul fizeram da dispendiosa educação de diversidade uma prioridade por décadas. Apesar disso, o distrito de Minneapolis recentemente anunciou que “racismo embutido” continua a permear as suas escolas, enquanto que um estudo de 1994 da People para a American Way descobriu que as “relações raciais e a tolerância” nas escolas de ensino médio de St. Paul estão “desmoronando”. (Katherine Kersten, “‘Diversity Training’ Efforts Proceed from False Premise,” StarTribune, 10 de Janeiro de 1996, p. A13)

Continuar lendo “8 PRINCÍPIOS BÍBLICOS CONTRA O RACISMO”

YouTubers, filhos e pais

Recentemente, o youtuber e influenciador digital Júlio Cocielo causou um verdadeiro frenesi após um tuíte no qual menciona o atacante Mbappé da França, como sendo promissor em cometer arrastões – claramente um comentário racista. Tentou em seguida se justificar dizendo que a comparação foi por conta da velocidade do atleta. Mas quando se fala em arrastão, a primeira imagem que vem à nossa mente é a de um assalto não há de uma pista de atletismo. Continuar lendo “YouTubers, filhos e pais”