OS SETE PECADOS NA ERA DIGITAL: Orgulho

Agora, ao concluirmos nossa série, chegamos finalmente ao pecado do Orgulho, “o Grande Pecado”, como chama CS Lewis, e como a tradição cristã tem consistentemente ensinado. É tanto o primeiro como o último dos pecados: a mãe que dá à luz a todos os outros, mas que, quando crescida até à sua plena estatura, pode suplantar, até mesmo devorar os outros, e durar muito depois de terem sido subjugados. É a mãe de todos os outros pecados porque o orgulho é, na sua raiz, o amor próprio, ou melhor, amor próprio desordenado. Há um amor próprio apropriado que de fato age como uma verificação de outros vícios, particularmente os sensuais, nos quais nos reconhecemos como criaturas e servos de Deus, e no devido respeito por nosso Criador e a tarefa a que Ele nos chamou, buscamos a saúde e o bem-estar e buscamos a excelência do corpo, da mente e da alma. Continuar lendo “OS SETE PECADOS NA ERA DIGITAL: Orgulho”

Os Sete Pecados Capitais na Era Digital

Embora o advento de novas tecnologias tenha provavelmente proposto novos desafios para quase todas as gerações, ninguém pode negar que o ritmo das mudanças aumentou exponencialmente nas últimas décadas, causando dores cada vez maiores aos cristãos que buscam viver fielmente em um mundo de mudanças cada vez mais rápidas. Muitos da minha geração experimentaram em primeira mão o estranho encontro do mundo fortemente policiado do evangelicalismo conservador com a internet, e a geração de nossos pais pode recordar com um gemido suas tentativas de impor “padrões” em meio às torrentes do mundanismo digital entrando em suas casas. Confrontados com esses desafios, a resposta para muitos evangélicos era um legalismo fundamentalista ou uma libertinagem laissez-faire, ou talvez uma via mão de dupla instável entre as duas coisas. Continuar lendo “Os Sete Pecados Capitais na Era Digital”

Imagens e miragens

Já reparou como parece praticamente impossível sair tão bem ou bonitos em uma foto, quanto nos enxergamos diante de um espelho? Esse fenômeno tem intrigado diversas pessoas no decorrer de suas vidas. Afinal, em tempos como os nossos, com a exposição das redes sociais, todos nós queremos parecer belos e convidativos. Passar tanto tempo se admirando, pode ter consequências bem devastadoras, tanto para nossos relacionamentos, quanto para nós mesmos. Continuar lendo “Imagens e miragens”