Homossexualidade e Ideologia de Gênero

Dois assuntos bem polêmicos e que rendem debates acalorados entre seus opositores e defensores. Confesso que demorei para escrever a respeito principalmente por conta de muita besteira que vemos na internet em relação a vários assuntos, então optei por filtrar melhor algumas informações, colher outras e buscar no Senhor, como abordar esses assuntos de uma forma instrutiva e que seja edificante tanto para cristãos como para quem não é, mas que venham a ler esse texto.

Qual o propósito do ser humano?

Vamos começar com algo muito relevante, para que existimos afinal? Nós existimos para glorificar a Deus, e nos alegrarmos nEle para sempre (Rm 11.36; 1 Co 10.31; Cl 3.17; Sl 73. 25,26; Is 43. 6,7; 60.21; 61.3; Rm 14. 7,8;  Ef 1. 5,6). O que significa? Quer dizer que, não recebemos a vida de forma aleatória, somos criados com o propósito específico de glorificar a Deus, com tudo o que somos, e com o que temos (dons, habilidades, inteligência, etc). Porém, somos pecadores, e nossa condição natural é ir contra os propósitos de Deus (Rm 7. 21-25), o pecado nos separa de Deus e impede que o vejamos como Ele é (Is 59.2). É algo tão natural, que fazemos sem pensar. Mas daí então temos outra pergunta:

De que forma Deus nos orienta para que possamos glorificá-Lo?

Por meio de sua Palavra, composta pelo Antigo e Novo Testamentos em sua totalidade, a Bíblia nos direciona para a vontade de Deus, nos apresentando a sua vontade, natureza e principalmente sua mensagem, que é Jesus. Ela nos apresenta o que Ele requer de nós para que estejamos novamente com Ele (Jo 5.39; 20.31; Sl 119.105; Rm 15.4; 1 Co 10.11). Algo que precisamos sempre nos lembrar, a Bíblia não é democrática, mas sim teocrática. Ou seja, ela não foi escrita com o objetivo de atender à maioria, ou aos desejos humanos, mas sim, revelar vontade de Deus sobre toda a criação. Isso é algo que muitas pessoas esquecem quando citam seus versículos como preconceituosos e afins. Ela vai na contramão do Hedonismo (vamos falar desse, mais à frente).

Homossexualidade, Ideologia de Gênero, a Bíblia e o cristão

Caso ainda não tenha feito isso, informo que esse texto não tem como objetivo definir o que tem ou não cura. Ele é simplesmente para expressar o ponto de vista bíblico a respeito do assunto. Continuemos.
Tanto a homossexualidade quanto a ideologia de gênero são contrárias à vontade de Deus, pura e simplesmente porque estão no caminho oposto do que Deus traçou para o ser humano, que é glorificá-lo. Vejo muitas pessoas – inclusive crentes – dizendo que tais práticas são manifestações de amor, e afins. Mas será mesmo?
Vamos tomar como exemplo, Romanos 1. 16-29. Paulo diz que não se envergonha do evangelho por que este, é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê. Em seguida, ele aborda alguns fatores pelos quais a ira de Deus estava sobre Roma. E narra uma situação em específico. Na Roma Antiga, era comum que nobres e poderosos se casassem com pessoas do mesmo sexo, principalmente homens, e usassem as mulheres apenas para procriação e continuidade de sua própria linhagem. Desprezando totalmente os estatutos de Deus, adoravam a si mesmos e aos seu próprios prazeres, negligenciando totalmente, qualquer moralidade diante do Eterno.
Esse é o Hedonismo, corrente filosófica que tem os prazeres terrenos como fim supremo do homem. É uma ferramenta muito eficaz para pegar o ser humano em sua carência mais básica. Quando vemos no prazer o sentido e objetivo da vida, entramos em uma estrada muito perigosa, pois vemos apenas o agora, o prazer momentâneo, e desprezamos as consequências de longo prazo, até mesmo cristãos são tentados dessa forma, e por vezes acabam tentando usar Deus como meio para obterem prazeres terrenos. Sutil, precisa e poderosa… Podemos dizer que essa é a arma mais utilizada por satanás, atualmente.
“Seja você quem quer ser”, “Você nasceu assim”, “Essa é a sua vida, ninguém pode te julgar”, “Essa é uma das muitas formas de amar”, “Por quê querem proibir o amor?”, todas essas são frases que vemos constantemente em comentários quando se fala a respeito desses temas, notaram o foco na criatura que Paulo menciona no capítulo 1 de Romanos?

Como então, glorificar a Deus tendo desejos homossexuais, e confusões a respeito do meu gênero?

A Bíblia diz: “Não seja controlado pelo seu corpo. Mate qualquer desejo pelo tipo errado de sexo.”(Cl 3.5) Para eliminar desejos errados, que levam a ações erradas, é necessário controlar seus pensamentos. Se você sempre encher a mente com pensamentos sadios, conseguirá rejeitar desejos errados mais rapidamente. (Fp 4:8; Tg 1:14, 15) Embora talvez tenha de se esforçar muito a princípio, isso poderá se tornar mais fácil com o tempo. Deus promete ajudá-lo a “ser renovado na força que ativa a sua mente”. (Ef 4:22-24).
Os pecados relacionados à vida sexual, são mais complicados de convivermos justamente por conta do prazer que este nos proporciona. Do mesmo modo que, há a dificuldade de controlar os desejos homossexuais, há também héteros que têm dificuldade de controlar seus impulsos sexuais, sejam eles por meio da pornografia, do adultério, de fantasias sexuais voltadas à violência, orgias, etc, e acabam se deixando dominar por tais desejos levando uma vida de escravidão, onde seus corpos são os senhores. O pecado do hétero não anula o do homossexual e o de quem segue outro gênero que o de seu nascimento e nem os justifica, ambos os casos exigem esforço e empenho em seguir os padrões bíblicos para uma vida de santidade.
É doloroso, complicado e muito difícil. Mas Jesus não nos prometeu facilidades aqui na terra, o que Ele nos prometeu, foi um lugar ao seu lado, em seu reino. Mas, para desfrutarmos disso, precisamos aceitar que a vontade dEle é soberana e acima de qualquer desejo ou prazer que venhamos ter ou desfrutar.
E assim, juntos poderemos desfrutar da vida eterna com o Criador!

 

Deus abençoe!
E caso precise, conte conosco!

 

Um comentário em “Homossexualidade e Ideologia de Gênero

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *